Carreira

Meu primeiro ano na Microsoft

Hoje eu completo meu primeiro ano trabalhando na Microsoft e por isto assim como eu fiz quando fui reprovado na primeira vez que participei no processo seletivo, e em seguida quando eu consegui ser aprovado e completava o terceiro mês, vou registrar aqui algumas palavras…

Este foi um ano de muito aprendizado, desenvolvimento de novos skills, muita superação e muito trabalho. É como se todos os dias eu tivesse uma competição comigo mesmo, superando minhas limitações, descobrindo novas aptidões, testando e validando novas idéias/conceitos, assumindo riscos e me tornando um profissional melhor a cada dia. Para alguém que sempre trabalhou no lado do cliente, estar “do outro lado da bancada” tem sido um desafio incrível.

É muito empolgante trabalhar em um lugar onde eu me sinto motivado todos os dias a fazer o meu melhor e também poder aprender um pouco mais sobre alguma coisa diariamente. É algo que eu preciso e me faz me sentir vivo, afinal só o dinheiro não vale a dedicação de 1/3 do meu dia, tem que ter EMOÇÃO.

A Microsoft é uma empresa em transformação e estar aqui neste momento, fazer parte deste movimento e ver de perto as coisas acontecendo tem sido uma grande experiência. O desafio de empoderar cada pessoa e organização no planeta à conseguir fazer mais e viabilizar formas de transformação digital  usando a nossa tecnologia é muito gratificante.

Eu tenho aproveitado cada minuto do meu trabalho da melhor forma possível, afinal a melhor parte não é o destino mas sim a jornada que nos leva à ele. Vou explicar:

A jornada te expõe: Primeiramente pode parecer um ponto negativo, mas o lado da intenção positiva que algumas emoções negativas geram, como frustração por exemplo, é que ela te força a crescer e ver que precisa melhorar em vários aspectos para que possa atingir seu destino do contrário tem que desistir da jornada ou achar um destino mais fácil. Neste caso pode ser que a solução é traçar caminhos alternativos caso algo não esteja funcionando, ou se adaptar as mudanças do ambiente.

Concentrar na jornada vai te colocar da direção de domínio profundo do seu assunto: Do contrário que muitos pensam conhecimento profundo não vem de algo que fazemos como mágica do dia pra noite, mas um trabalho consistente feito dia e noite, ou seja, cada passo que avança na sua jornada.

Foco maior no processo do que nos resultados: Isto quer dizer que o que te dá o resultado não é esperar o resultado ou olhar para ele, mas andar o caminho, pois quanto mais passos você dá mais perto do destino você estará.

A jornada que te dá prazer e realização: O importante não é o prêmio que recebe no final, mas a felicidade vem em se tornar a pessoa que será capaz de andar o caminho desafiador. Então, neste ponto, é importante celebrar cada vitória, cada marco alcançado e curtir a jornada ao invés de ficar como um bebe chorão reclamando dizendo que quer o prêmio aqui e agora.

A Jornada te força a ter iniciativa: Em outras palavras é os passos que tem que tomar. Não adianta o quanto você sonhe visualize o resultado, se não der os passos necessários ele nunca se concretizará.

A Jornada é sua maior escola: Entenda que cada frustração, cada erro cometido ou cada armadilha que cai são apenas elementos colocados para que possa aprender algo e se tornar mais equipado para maiores desafios na frente. Veja isto como um processo de desenvolver músculos a cada dificuldade encontrada, assim poderá carregar um peso maior la na frente em outras palavras mais responsabilidades por exemplo.

A Jornada te faz ficar mais presente: Isto gera foco no presente que é o único lugar onde pode fazer algo, pois o passado ficou pra trás e o futuro ainda não existe. Assim se quiser andar o caminho tem que dar o passo que cabe a dar hoje. Amanha cabe o passo que tem que dar amanhã. Assim sempre concentre no próximo passo, pois os passos que já deu não pode mudar e os passos de amanhã será apenas distração e não te levará a lugar nenhum.

Estes são os elementos que colocam a jornada na sua devida importância e no final a conclusão é que o destino é apenas um detalhe.

Então que venham pelo menos mais 10 anos de Microsoft, pois continuarei fascinado por cada detalhe da jornada.

  • Sidnei

    Parabéns pelo aniversário de empresa. O negócio é nunca parar mesmo!

  • Paulo Pacifico

    Parabéns! mais 10 anos nao! 5 , 7 anos ta bom… manda o CV para Google! heheh ou Face. hahaha.

  • Carlos Eduardo Ferreira Marque

    Bom dia Ricardo,

    Muito bom!